Optar pelo financiamento de imóvel na planta pode ser o meio mais barato para adquirir a casa própria e realizar o seu sonho. 

Os programas de financiamento existem para que as pessoas que desejam comprar um imóvel e ainda não conseguiram juntar os recursos necessários possam adquiri-lo de forma mais tranquila e rápida.

Eles também oferecem maiores prazos e melhores condições de pagamento, além da segurança na entrega.

Ficou interessado? Continue a leitura e saiba porque é vantajoso financiar o seu imóvel na planta!

Como funciona o financiamento de imóvel na planta?

Para compreender como funciona o financiamento de imóvel na planta vamos explicar como ocorre a negociação.

A Incorporadora lança e inicia as vendas do empreendimento que ainda será construído contando com a ajuda de um banco, que pode ser a Caixa ou outra instituição. 

O banco, normalmente, financia 80% do valor do imóvel e os 20% remanescentes poderá ser pago com seu saldo FGTS, com subsídio do Governo, com recursos próprios ou com financiamento direto com a Construtora.

É importante você saber que o valor que o banco disponibilizará vai depender da sua análise de crédito, que leva em consideração, sua renda, seu comprometimento de renda com outras dívidas já assumidas e sua idade.

Por isso, é tão importante você simular com a construtora como ficará seu financiamento, normalmente estas têm departamentos de crédito que conseguem simular com o banco quanto você conseguirá financiar e, consequentemente, como ficarão suas parcelas.

Outro dado importante é que o valor da sua parcela não poderá comprometer mais de 30% do valor da sua renda mensal, por isso, sua capacidade de crédito poderá ser condicionada, que nada mais é que o banco liberar menos que 80% do valor do imóvel!

Logo, quando você compra o seu bem na planta pelo sistema de financiamento, é o banco que quita a sua dívida (os 80%) com a construtora.

Quando é por meio de algum programa do Governo, como o caso da Casa Verde e Amarela é a Caixa que assume essa responsabilidade.

Em relação aos programas, de acordo com o andamento da obra, o banco vai liberando para a construtora os recursos necessários para a sua finalização. 

E ao longo da construção você pagará para o banco apenas, um juros do dinheiro que o banco liberou para construtora fazer o seu imóvel, portanto, esse valor pago não abate do seu financiamento.

O seu contrato de financiamento só começa a ser amortizado no momento que o imóvel está pronto, com habite-se, é neste momento ele deixa de estar na planta. 

Quais são as etapas do financiamento?

Um financiamento de imóvel na planta passa por duas etapas: 

  1. antes da entrega das chaves,
  2. pós-entrega.

O primeiro passo para realizar o sonho da sua casa é conversar com um corretor e entender se o imóvel desejado é adequado para as suas necessidades.

Depois dessa validação, é hora de dar a entrada. Esse valor dependerá diretamente de quanto a instituição está disposta a financiar e está relacionada também com a sua renda e dependentes.

Caso você queira saber mais sobre essa parte de pagamento, sugerimos a leitura do conteúdo: Compra de imóveis na planta: mitos e verdades.

Após o pagamento da entrada, você irá esperar o processo de construção ser finalizado. 

Após a entrega das chaves, que envolve também o registro e pagamento de taxas para legalizar o imóvel e passá-lo para o seu nome, você não precisará mais pagar os juros de obra e, sim, apenas o financiamento (e suas devidas taxas), o condomínio e, se for o caso, o parcelamento da entrada direto para a construtora.

Essa é a última etapa, a partir dela você assume o compromisso de pagar as parcelas mensais do financiamento pelo prazo determinado em contrato que pode chegar até 35 anos.

Quais os benefícios de financiar um imóvel na planta?

Se você escolheu financiar um imóvel na planta é porque já percebeu as vantagens dessa operação.

Uma delas é que eles são bem mais em conta que um apartamento ou casa prontos, por exemplo, além da segurança na entrega.

Outra vantagem é que você está adquirindo um espaço com uma infraestrutura super moderna. Os imóveis usados, geralmente, exigem alguma reforma e modernização.

Você também pode negociar o valor da entrada e fazer o financiamento do saldo restante. 

Dependendo da sua idade, o prazo para pagamento pode chegar até 360 meses. 

Para quem comprar imóvel financiado na planta pelo Programa Casa Verde e Amarela, a Lei 12.424, possibilita a redução de 50% do valor cobrado como taxa de registro do bem, podendo chegar a 75%.

Outro benefício é que entre a data da compra até o fim da obra você também terá mais tempo para se organizar financeiramente para assumir os valores das parcelas mensais. Agora que você sabe como funciona o financiamento de imóvel na planta, acesse nosso site e conheça os incríveis empreendimentos da Couto Engenharia!

Deixe uma resposta